Queixamo-nos, muitas vezes, que a vida não muda, que o tempo passa e tudo parece igual, que as portas parecem não se abrir. E até dizemos que já tentámos tudo o que seria possível para mudar, mas a mudança não acontece.

Pela minha experiência com as pessoas nas consultas e, também, na minha própria vida, podemos dizer e fazer muita coisa, mas a mudança só acontece se estivermos realmente comprometid@s.

Sabemos bem que, quando nos comprometemos com algo de coração,  quando sentimos o nosso corpo a vibrar de entusiasmo, quando temos um objectivo bem definido, vamos fazer tudo o que está ao nosso alcance para lá chegarmos e é só uma questão de tempo até que as coisas aconteçam.

Já se passou com tod@s nós, nas várias áreas de vida. Então,  se neste momento te sentes impotente, enredada nessa teia de pensamentos de que a vida é sempre igual e nada muda, pergunta-te: o que ganho em manter-me nesta situação e com o que ainda não estou comprometida?

Se sentes que já estás pronta para te comprometeres realmente e dar um salto de fé ao encontro daquilo em que acreditas, pergunta-te: qual é o meu compromisso?

E o teu compromisso não tem de ser algo supostamente grandioso, como contribuir para acabar com a fome no mundo ou ser um mestre espiritual. O teu compromisso pode ser ter mais paz interior, cuidar de ti melhor a cada dia, fazer o melhor que podes com aquilo que tens. Qual é o teu compromisso? Boas descobertas…

Leave a comment